MENU

21 de março de 2014 - 17:05F-Indy

Desconfiem

SÃO PAULO | A notícia surgiu rápido lá de Interlagos, onde Renan do Couto e grande trupe se encontram para a cobertura da Stock Car: a Indy estava para anunciar um acordo com a Bandeirantes que, além de livrar a cara da emissora naquele processo movido no fim do ano passado pela não realização da SP Indy 300 deste ano, coloca o Brasil de volta ao calendário da categoria em 2015 com uma corrida em Brasília.

Depois da publicação da notícia no Grande Prêmio, surgiu a confirmação via Band, mesmo. O governador Agnelo Queiroz esteve presente a uma convenção que o grupo de comunicação faz em São Paulo e assinou o acordo de comprometimento com a Indy por cinco temporadas — até 2019.

Mais interessante: a corrida, segundo o comunicado, vai acontecer no autódromo local.

Essa coisa aí de corrida acontecer em Brasília, quem está por dentro sabe que não é bem assim. Nosso pessoal levou ao ar no fim do ano passado um dossiê que mostrou bem como a coisa toda em todas as esferas. Em meio a isso, anunciaram — o mesmo Agnelo e tal — que o Brasil voltava a figurar no calendário da MotoGP, dando a Brasília uma data em setembro. O governo local teria mais ou menos um ano para realizar as reformas mais do que necessárias no autódromo de quatro décadas de existência.

O destino, por assim dizer, torna a colocar Brasília na rota de uma categoria máster e com outro ano de prazo para retocar aquele lugar que nunca recebeu cuidado algum. De novo: para começarem as obras, é necessária uma licitação. Abrir o processo e depois analisá-lo, se as vias foram lisas e corretas, leva um tempo. Pelo histórico brasileiro de realização de obras, se ficar pronto, vai ser bem em cima, fevereiro do ano que vem. E, então, será necessária a homologação da nova pista, que tem de obedecer aos padrões FIA e FIM.

No mês passado, a Dorna rifou a corrida brasileira do calendário porque nada foi feito. Aguardemos junho ou julho para uma posição mais clara. Por ora, a prudência e a experiência se fazem mais do que necessárias: desconfiem da realização desta corrida.

10 comentários

  1. Alex Reis disse:

    Poderia vir para Goiânia, que está com as obras de reforma do Autódromo Ayrton Senna bem adiantadas e receberá a Stock Car em Junho e possivelmente em Agosto para a Corrida do Milhão.

    http://portal730.com.br/automobilismo/autodromo-de-goiania-sera-reinaugurado-no-dia-1d-de-junho-com-etapa-da-stock-car

    Alex Reis – Goiânia/GO

  2. Max Morais disse:

    Tenho minhas duvidas quanto a realização da corrida. Bem lembrado por você Victor essa questão de licitação, já é complicada se for feita por vias normais/legais, imagina se tiver problema durante o período de realização. Esse fator tempo é o que eu a acho o mais complicado: é muito pouco, menos de um ano! Tem uma fator a ser muito considerado. Na região centro oeste(Brasília) o clima é bem delineado, praticamente tem-se seis meses sem chuva e seis meses com chuva. De novembro a abril é o período de chuva. Então a obra de reforma do autódromo com certeza será bastante prejudicada neste período. A pergunta que não quer calar: será que atentaram pra isso? Como ta prevista a corrida pra março, corre o risco de ser na chuva.

  3. Fernando Lima disse:

    E o mais engraçado é que a etapa de SP melhorava como evento a cada ano, tanto no aspecto de organização e limpeza das instalações, como o próprio clima (2012 e 2013 não choveu…) e as corridas foram melhores…as últimas voltas do ano passado foram de longe o que de melhor aconteceu em todo o campeonato. Tanto que os próprios americanos disseram que a etapa só perdia em importância para a própria Indy 500.
    Agora os “gênios” da Band querem promover na mesma pista que receberia “grandes reformas” para a motovelocidade este ano…tantas praças poderiam acomodar melhor a categoria, como Pinhais ou Velopark, já que os pauistanos não toleram a interdição de suas avenidas.

  4. Marcelo disse:

    Organização da Formula Indy vai passar MUITA RAIVA de novo, mas a categoria merece Rede Bandeirantes e vice – versa. Torcedor novamente vai fazer papel de OTÁRIO assistindo vt de 5 minutos, piada!

    Formula Indy na Band, nunca mais!!! Assisto as provas pela internet(em inglês), pelo menos, não preciso ficar ouvindo as bobagens do Téo José + comentaristas “vendidos” querendo comparar Indy com F-1.

    Formula Indy de verdade foi até 1995, depois virou piada! Hoje é apenas um ‘quebra galho’ enquanto a F-1 esta na estrada…

    “A categoria mais competitiva do planeta” segundo Téo José.

    A Indy é tão fantástica que sequer os americanos dão valor, no Brasil perder de ‘goleada’ para futebolzinho de quinta categoria nas tardes de Domingo. Detalhe, muitas vezes a “pelada” termina sem gols…

    Abaixo, link pra quem não quer passar RAIVA! Todas as provas ao vivo, e sem oba-oba como acontece na Band.

    http://www.firstrows.eu/

    Corrida em Brasília, duvido!!!

  5. Lucas disse:

    Perguntinha que não quer calar: a Band, sabendo da peraltice realizada com a MotoGP e não querendo fazer a corrida em SP, não poderia ter procurado os responsáveis pelo Autódromo de Pinhais/Curitiba e se instalado lá? Junto com Interlagos e o novíssimo VeloCittá, é o único com a homologação internacional da FIA… Vai entender!

  6. Roby disse:

    Não acreditam ele o agnulo não sabe nada isso e fazendo lobby pra campanha não acreditam

  7. AGS disse:

    VM..Bons dias..
    Pelo amor da mãe do guarda, NÃO ACREDITE EM NADA QUE ESSE COMUNISTA SEM VERGONHA FALA..
    É um baba pau da Jumenta comunista e do Sapo de 9 dedos..
    Por favor……não deixe entrar nessa, eles querem espaço na mídia…só isso..

  8. Diogo disse:

    E por que não mandam a corrida direto para Goiânia? Lá, ao menos, o autódromo já está em reforma.

  9. Julio Lima disse:

    Não vai acontecer. Aposto minha cueca da sorte nisso.

    O Agnulo Queiroz nem vai estar mais no poder em 2015. Então, é bastante conveniente ele assinar um acordo que nem vai precisar cumprir. Ou alguém acredita que ele vai ser reeleito?

  10. Billy disse:

    O mesmo Agnelo que esteve presente na assinatura do contrato com a Dorna. Desconfiem MUITO!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>