MENU

28 de outubro de 2013 - 19:00F1

O passado que condena

SÃO PAULO | Se Hülkenberg for adepto de algum ritual próximo à macumba, certamente tem um nome certeiro para colocar na boca do sapo. Favoritíssimo a subir na vida e ocupar um lugar na Lotus em 2014, o mais zicado piloto dos últimos tempos pode se ver novamente atrapalhado por Maldonado, que havia roubado do alemão o posto na Williams e nem parecia figurar na lista de candidatos da equipe.

Nico deposita suas fichas no apoio que Eric Boullier tem dado. O problema é o lado financeiro e o dinheiro que ainda não veio do grupo de investimentos Quantum.

Dias atrás, um diretor da Lotus viajou à Venezuela para uma reunião com a cúpula da PDVSA. O tema principal da conversa era a forma de rompimento de acordo da petrolífera com a Williams para que Maldonado esteja livre e solto e ocupe o lugar de Räikkönen no ano que vem.

Boullier já manifestou clara e abertamente que prefere Hülkenberg, mas hoje já veio com um papo de que o dinheiro pode pesar na escolha da Lotus. A pressão do dirigente, além de se basear na avaliação de que o alemão é melhor, conta com outro fator: as rusgas do passado com Maldonado.

Em 2005, Boullier era o diretor-técnico da equipe Dams na World Series e teve uma série de problemas com o venezuelano, então piloto do RDD, o então programa de pilotos da Renault. Nos primeiros treinos em Paul Ricard com o carro — que estava para sair de linha —, Pastor destruiu o velho Nissan e não deixou que José María López, o Pechito, testasse. Na volta aos boxes, Boullier desceu a lenha em Maldonado, que não deve ter entendido as broncas e eventuais xingamentos — todos em francês.

Meses depois, durante os treinos para a etapa em Mônaco, uma rodada de Patrick Pilet requereu a ação dos fiscais na Curva do Cassino, que agitaram as bandeiras amarelas. Um deles foi auxiliar no resgate e acabou atropelado por Maldonado, que tomou uma suspensão de nove corridas. No fim daquele ano, a Renault acabou expulsando Maldonado de seu curso de desenvolvimento no fim do ano por o piloto ter desobedecido uma ordem e participado da F3000 Italiana, atual AutoGP — onde venceu corridas.

Boullier nunca engoliu muito bem as histórias. Mas como há uma cúpula para definir quem senta no carro aurinegro, o dirigente tende a ser voto vencido na mendigante equipe.

30 comentários

  1. elson soares de almeida disse:

    A formula 1 se tornou chata para quem sempre amou boas corridas sem essa palhaçada de pede para o fulano sair da frente que eu estou mais rapido, ora se vc esta mais rapido arrume um ponto e ultrapasse. Qualquer toque mesmo disputando posição gera punição, o fulano é um zé ruela mas tem grana para botar fogo e ver a fumaça subir é ele quem vai sentar no cockpit. Tá chato aguentar tanta asneira dos comentaristas. Torço para que na Ferrari o Raikkonen tenha igualdade de carro e tratamento pela equipe que se alguem lembra do pasasado da F1 e Ferrari irá se lembrar dos pegas fantasticos entre Rene Arnoux e Patrick Tambay. Outra coisa chata que deveria acabar é essa palhaçada dos pneus o piloto não pode correr com o composto que quer tem que ser o que a FIA obriga. Sem falar do acerto do carro entre os treinos tomada de tempo e corrida não pode mexer em asa, spoiler, bico. Tenha saudade da F1 de 2000 para trás.

  2. Fernando disse:

    Maldonado é rápido. Fato. Grosjean também. Maldonado é barbeiro. Fato. Grosjean também. Se essa for a dupla da Lotus ano que vem, teremos uma coisa a parte no campeonato para curtir. Vão andar muito próximo um do outro e se classificar em posições próximas. Imagino os dois dividindo curvas e posições. Ai de quem estiver atrás deles.

    Se a equipe “escolher” o Maldonado o mundo inteiro vai saber que entrou pela grana e que Hulk com um talento que nem se compara aos dois acima, vai ficar de fora. Acho que tá na hora dos pilotos de F1, os talentosos de verdade, começarem a abrir mais a boca, xingar meio mundo lá dentro e ir disputar outros campeonatos. A F1 está sem graça faz muito tempo por conta destas questões de patrocínio. Dos 20 pilotos do grid, temos 04 com talento que correm em equipes grandes e mais 01 que não conta com patrocínio. O resto é tudo aposta das equipes ou compraram o assento. 05 pilotos de 20.

    Enfim…torço ao menos para que Hulk tenha um lugar no mínimo mediano. O cara é azarado mesmo. Mas como ninguém faz idéia alguma de quem terá um carro bom ano que vem ou não, não custa nada ele cavar um lugar na Force India. Ao menos esta equipe não está tão apertada na grana quanto a Sauber….Lotus e Williams. E tem nos últimos anos produzido alguns carros interessantes. Quem sabe ano que vem não acertam a mão e tenham um carro capaz de disputar ao menos mais lugares no pódio??? Até Massa tem esta chance com a Williams para 2014. Ano que vem será ainda mais revelador sobre quem realmente são os pilotos de verdade.

  3. João Ferreira disse:

    Nessa, o Hulkemberg fica sem lugar e vai para a DTM…

  4. Tiago Montoya disse:

    Mas é importante frisar que independente das duas não baterem no mercado, concerteza existe conflitos comerciais e de propaganda, ou a PDVSA muda o nome da marca na questão do patrocínio, ou então a TOTAL, acho que no caso vai ser tão difícil chegar a um acordo sobre isso, como será difícil controlar o número de carros batidos na Lotus Renault…

  5. Emmanuel disse:

    quanta choradeira! parece que nunca houve piloto bom perdendo vaga pra quem tinha/tem dinheiro! hulk não foi e não deve ser o último a sofrer com isso. A Lotus tinha que se Kobayashi e mais qualquer um desses aí

  6. PedroL disse:

    Bom para Maldonado, bom para a Venezuela, bom para a nossa querida América do Sul tão carente de pilotos atualmente. Lembrando que Hulk tem como melhores resultados dois quartos lugares e uma pole. Maldonado tem uma pole e uma vitória em condições normais, fez corridas fantásticas em 2012 com um carro competitivo, pecou em algumas ocasiões é verdade, mas nada que o descredencie a andar numa equipe competitiva, como a Lotus, em 2014.

    • Sergio Andrade disse:

      PedroL, concordo com você e também não acho que o Maldonado seja uma escolha errada, pois além do que você mencionou o cara foi Campeão de GP2 em 2010. Se fala muito da pole do Hulkenberg em Interlagos, mas só ele teve tempo de usar os slicks, certo?
      Confesso que acompanhando todas as provas da F1 há mais de 40 anos e fico surpreendido com a falta de conhecimento da mídia “especializada”, ??, pois eles se esquecem da história da F1; um exemplo: o primeiro ano, 1973, de Jody Scheckter antes de ir para a Tyrrel e depois Ferrari onde se sagraria campeão em 1979. Veja a declaração do Emerson após ser tirado da corrida pelo Scheckter na etapa da França: “”This madman is a menace to himself and everybody else and does not belong in Formula 1.” (1973)”. No GP seguinte, Silverstone Scheckter se envolveu em um grande acidente com 12 carros fora da corrida e o “Grand Prix Drivers Association” pediu seu imediato banimento do campeonato. Anos depois se tornou campeão da F1 e piloto de grande reputação. F1, mudam os protagonistas, mas o script não difere muito, os mais rápidos sempre vencerão, dentro e fora das pistas. Abraço

      • Conrado FA disse:

        Vale lembrar que o dia da vitória de Maldonado em Barcelona, era aniversário de não sei quanto tempo do Frank Williams na F1 e o box da Williams pegou fogo. Acho estranho demais e me sugere uma armação. Até porque o carro que anda bem em Barcelona, tradicionalmente, anda bem em todas as pistas. Não que seja regra…

        Quanto aos erros: nada como eles para evoluirmos.

        Quanto ao Grosjean… sempre mostrou velocidade. Mas tambem acho muito estranho ele começar a andar depois que o Raikkonen começou a meter o bedelho na questão do salário, para mudar de equipe. Acho que passaram a dar o carro 1 para o franco-suiço… rs

  7. RONNI disse:

    SERA que ate quando uma posiçao, dinheiro, infelizmente fara diferença, ate pq quem pode mais chora menos, mas o maldonado é um braçao futebol clube, e seria otimo que ao menos alguem tomasse o lugar na lotus com classe, e que se possivel entrass o massa…masss fazer o que nao sei aonde a petrolifera da venezuela ve algo de bom neste ..piloto

  8. Paulo disse:

    Os mecanicos do Kimi já devem estar mandando CV para as outras equipes…

    Maldonado e Grosjean juntos não vai dar coisa boa..

  9. Esclarecedor o post.

    Até agora não entendia porque PDVSA (patrocínio) Maldonado não poderia conviver com a Quantum (grupo de investidores).

    Ok. Brigas no passado. Ou um ou outro.

  10. Romulo Louzada disse:

    Esse Maldonado é zicado mesmo, e acho um retrocesso a Lotus contratá-lo em detrimento de grana !

  11. Japa disse:

    Sendo tão bom, pq será que o tal do Hulk não atrai nada de patrocínio??? Até a farsa espanhola leva patrocínio com ele, pq esse cidadão não leva??

    • José Augusto Rocha Filho disse:

      Quanta bobagem. Como seu cú deve ter inveja da sua boca…

      • Japa disse:

        primeiro, seu imbecil, “cu” não tem acento… e segundo, onde está a bobagem??? a farsa espanhola leva o santander pra onde for (que no final das contas é quem lhe paga grande parte do salário) e pq o tal do prodígio, supra sumo mor do automobilismo, senhor Hulk não consegue nada???

        • Daniel Rocha Machado disse:

          Maldonado não é ruim!! piloto muito rápido, porém afobado muitas vezes. Mas já tem uma vitória e uma pole em condições normais de pista, com uma Willians. Hoje em dia todo piloto leva grana pra F1, exceto alguns.

  12. Ricardo Braga disse:

    GROSJEAN E KIMI JÁ ANDAM SE ESTRANHANDO, ENTÃO IMAGINE COM O MALDONADO QUE NÃO TEM CEREBRO QUANDO ESTÁ PILOTANDO E DIVIDINDO CURVAS COM OS RIVAIS! ANO PASSADO O MESMO FOI O PILOTO COM MAIS PUNIÇÕES DURANTE UMA TEMPORADA E ESSE ANO NÃO FIGURANDO AÍ NESSE QUESITO, POR QUE O CARRO DA WILLIAMS NÃO LHE PROPORCIONA ISSO. NO GP DO JAPÃO MESMO ELE DEU UM CHEGA PARA LÁ NO BOTTAS QUE É SEU COMPANHEIRO DE EQUIPE, ENTÃO NÃO FICA DIFÍCIL DE COMO SERÁ COM O GROSJEAN QUE TAMBÉM NÃO PENSA… VÃO ACABAR COM OS CARROS DA LOTUS KKKKKK

  13. aLDO gOMES disse:

    A F1 tá ficando ridícula.

    • Rodrigo disse:

      Muito ridícula!.
      O ideal seria que a partir de 2014 uma regra fosse criada para os novatos: so pudessem participar da F1 novos pilotos que ganharam algo na categoria de acesso. Se tiver grana, ótimo, se não tiver, terá pelo menos talento.
      Se essa regra fosse aplicada anos atrás, não estaria essa putaria hoje.

      Qto a dupla Grojan e Maldonado, imaginem o que não vao detonar de chassis rs

  14. sydnei alves disse:

    Além disso, o Mal danado sacaneou o Brunno Senna (bom garoto vinga na F1?) e o expulsou da Willians, encerando prematuramente a carreira do sobrenome famoso no circo do tio verme.

    • Bino 47 disse:

      Errado. O Senninha foi substituído (por deficiência técnica) pelo Valteri Bottas. Maldonado estreou em 2011, portanto já estava lá quando o primeiro-sobrinho chegou (2012) e por lá continua até hoje. Senninha é que roubou o lugar de Barrichello, ao levar o rico patrocínio da OGX do Eike Batista (nos velhos bons tempos deste). Só sobrenome não garante que o cara seja bom…

  15. FERNANDO MARQUETO disse:

    Uma pergunta. A Lotus já tem o patrocinio da TOTAL que é uma petrolifera.
    Como ficaria nesse caso com a PDVSA ? Duas petroliferas nos dois carros ou uma em cada carro (Grojean e Maldonado) ?

    • Manoel disse:

      Até onde eu sei a PDVSA e a TOTAL não competem por nenhum mercado, pois a PDVSA só abastece o mercado interno venezuelano e exporta petróleo bruto. Já a TOTAL, tem uma atuação internacional.

      • Diogo disse:

        Errado. A PDVSA é dona da CITGO, com uma grande rede de postos nos EUA, além de redes de postos em vários países da América Latina (incluindo Argentina). Os venezuelanos também exportam lubrificantes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>