A nova McLaren

SÃO PAULO | Foi ontem ou anteontem que gentes da McLaren vieram a público vociferar e bradar por novidades e saramaleques no carro de 2012 — porque, de fato, a McLaren é a equipe que sempre se debruça mais na ousadia e alegria. Só que aí surgiram as primeiras fotos, e nem aqueles sobressaltos no bico tem. Ficou aquele gostinho de fel, como diria Fernando Silva, depois de bater uma feijuca.

Aí o F1grid fez uma montagem comparando os últimos dois carros da equipe, pela ordem cronológica da esquerda para a direita, e dá para notar uma coisa: o MP4-27 segue a ninhagem do MP4-25.

Tags: , , ,

54 respostas a A nova McLaren

  1. Pedro Jungbluth disse:

    Tenho que discordar totalmente. As laterais em U sumiram e retomaram a tradicional, mas para por aí. Bico dianteiro, asa dianteira, são totalmente parecidos com o MP4 26 e não com o 25.
    Não acho que tenham sido conservadores, não. Apenas a lateral em U que sumiu mesmo, calcularam que não valia a pena, só isso. O resto é desenvolvimento normal do carro.

    Eles optaram por um desing de pouco arrasto, acho isso ousado, mesmo não tendo retoções de carroceria para leigos como nós acharem “ousado”. Ousadia está em confiar mais no desenvolvimento do carro que no projeto inicial dele.

  2. ou a maclaren está certa, ou as outras equipes estão erradas. Cadê aquele degrau feio?

  3. Edno Franco disse:

    Pergunta de leigo: Hoje a Ferrari apresentou seu carro, também com o degrau no bico. Se uma das duas equipes (Ferrari/McLaren) quiser mudar o bico (pra colocar ou tirar o tal degrau) durante a temporada, é possível? Poderiam mudar quando começarem as corridas na Europa, por exemplo?

  4. flypardal disse:

    A traseira é: A+B=C

  5. alexei michailowsky disse:

    Foram-se os tempos das grandes rupturas, da criatividade evidente. Hoje o projeto de um carro é muito cirúrgico e os detalhes que dão aqueles decimozinhos de segundo a mais – a chave de tudo está na aerodinâmica e nas velocidades em curva, infelizmente – são definidos em computadores, CADs e manuais. Acabou a intuição…

  6. Lucas Domakoski disse:

    A entrevista dada por um suposto funcionário de Woking para a revista Autosport é falsa. Portanto, desconsiderem tudo o que foi falado lá – a questão do “carro cheio de salamaleques” e do “foco em classificação”.
    Foi uma matéria criada no intuito de ver quem copiava a informação da Autosport sem citar a fonte. Tanto que foi retirada minutos depois do site.
    Isso sem contar que criticava os pilotos da equipe e elogiava Vettel – coisa que a assessoria de imprensa da equipe jamais permitiria que ocorresse.

  7. Mauricio disse:

    Analisando bem o MP4-27 é uma reedição do MP4-25 em praticamente todos os detalhes. As diferenças ficam por conta da asa dianteira, as entradas de ar latrerais com novo formato e aquelas saidas de ar quente apontadas para tras, em direção aos pneus e ao assoalho por sob o motor onde ficam os difusores de ar. também nota-se que a asa traseira é a mesma do MP4-26.
    Mais conservador que isso é impossível.
    Alias, essa vai ser a tonica dos carros para este ano. Poucas diferenças em relação ao ano passado. Exceto para aquelas escuderias em que o projeto do ano passado não funcionou completamente (Willians, Lotus, e as nanicas)

  8. Ricardo Arcuri disse:

    Analisar um carro de F-1 por fora nao da pra dizer nada. Se as mudanças forem internas, so saberemos durante o campeonato…

  9. cleverton disse:

    Acredito que poucas equipes apresentarão o ‘real’ monoposto para a temporada. Somente nos testes veremos a versadeira cara de cada carro para esse ano bem como suas inovações. Lembrando que se vc pegar e olhar a RBR parece a mesma mas na verdade a mudança esta debaixo de toda aquela carenagem azul e amarelo.

  10. Daniel disse:

    O escapamento não pode estar direcionado aos pneus, o formato pode parecer indicar isso, mas ele deve estar direcionado as asas traseiras mesmo. Direcionar o ar para os pneus causaria um turbilhão, muito parecido com o que ocorre nos aviões, isso gera perda de velocidade e controle.

  11. Flavio disse:

    Criaram tanta espectativa, falaram que o carro seria revolucionário, e no entanto, pelo menos no aspecto visual, lançaram um carro igual aos outros, com pequenas sutilezas aerodinamicas. A não ser que a inovação esteja na parte mecânica: câmbio, escapamentos, etc. Bem que poderiam pelo menos, mudar a pintura! Que falta de criatividade dos caras!

  12. Jonas Camargo disse:

    Dá pra brincar de jogo dos 7 erros, não dá não?

  13. Bernard Fonseca disse:

    Chefe da Mclaren declarou que – espera que as equipes protestem o novo carro da Mclaren.
    Começa a ficar claro as palavras dele, onde ele fala ter interpretado as brechas no regulamento de forma mais ousada.
    E que o foco deles é ser mais rápido nos treinos, pois RedBull só não fez a pole em 1 corrida e que a Maclaren só passava a ser mais rápida do meio para o final da corrida.
    Então, ter gases quente saíndo ou do scap ou do ar que passa pelo motor e radiadores, sendo jogados direto nos pneus por algum tempo e depois direcioná-los para a asa trazeira durante a corrida, seria uma tacada de mestre.

    Trechos da entrevista; http://tazio.uol.com.br/noticia/mclaren-ja-espera-que-rivais-questionem-seu-novo-carro-833/

    McLaren já espera que rivais questionem seu novo carro

    Equipe inglesa, que lança o MP4-27 nesta quarta-feira, afirma que novo modelo é inovador

    Sabe-se que a McLaren está focando o desenvolvimento do MP4-27 em velocidade em uma única volta com o objetivo de conquistar mais pole positions e controlar as corridas. Em 2011, a Red Bull largou na primeira posição em 18 das 19 corridas.

    McGrath diz que vencer Sebastian Vettel nas tomadas de tempo será crucial se a McLaren quiser ter sucesso em 2012, particularmente analisando o ritmo do MP4-26 era superior nos finais das corridas do ano passado.

  14. Pelos meus conhecimentos em aerodinâmica observei duas coisas importantes no carro! As asas continuam vermelhas. No que se diz a aderência, os pneus continuam pretos. De modo geral, concluo que é, sem dúvidas, um carro inovador!

  15. Rodrigo da Silva disse:

    O carro de 2009 também não é muito diferente. Desde que mudou o regulamento no final de 2008, quando saíram aquelas asas da carenagem, os carros da McLaren são sempre parecidos , principalmente a frente.

    • Luke disse:

      O MP4-24 não tem nada a ver com a linhagem inaugurada com o 25. O bico é ovalado, as asas são mais simples, as laterais são completamente diferentes, o entreeixos é menor e o carro é mais curto. E essas são apenas algumas das diferenças aparentes.

  16. allan disse:

    Não creio ser escapamento, mas provavelmente um dissipador de calor (das entranhas do bólido) – aí sim teoricamente poderia aquecer o pneu na medida certa, já que, inclusive, o motor fica mais quente quando em baixa velocidade ou marcha lenta (tipo situação até a largada e primeiras voltas).

  17. Pedro disse:

    Todo diferente.. entrada de ar do radiador..defletores… asa traseira…asa dianteira totalmente diferente… suspensão dianteira… cada detalhe deve representar milésimos de segundo com a somatório de segundos de diferença… o que tem por baixo da casca do ovo.. ninguém sabe.

  18. José Roberto disse:

    Pelas regras atuais, creio que a saída de escape está irregular, pelo site da FIA o escape tem que estar mais alto.

    http://www.formula1.com/news/technical/2012/0/928.html

  19. Fabiano disse:

    Sinceramente, um dos carros mais harmoniosos que eu vi nos ultimos tempos…

    Mas vale lembrar que a traseira vai mudar muito, pois os escapamentos não aparecem e eles tem posição e dimensões muito especificas no regulamento, o difusor está totalmente coberto, a tampa do motor, na parte traseira está fechada… tudo que poderia ser “novidade” está encoberto…

    Mas o carro é muito bonito !!! se bem que isso não ganha corrida, não é ?!

  20. Danilo Candido disse:

    Notei que os escapes apontam quase que diretamente para os pneus traseiros, teoricamente ignorando uma brecha que até permitiria um direcionamento para a secção superior do aerofólio. Seria uma “sacada” da equipe para compensar a dificuldade de se aquecê-los, até pela queda de pressão aerodinâmica na traseira, por conta do regulamento ? No entanto, tal artifício pode ser um tiro no pé no momento em que o pneu atinja sua temperatura ideal, levando à um desgaste exagerado. Será então que uma das prováveis surpresas alardeadas pela equipe seria uma saída de escape direcional ? Que poderia ser apontada para os pneus ou para a asa, de acordo com a situação de pista ? Isso seria permitido, quer dizer, haveria uma brecha no regulamento que tornasse isso possível ? Pode estar aí o motivo (ou um dos) de a Mclaren dizer que defenderá suas soluções à todo custo. Afinal, o regulamento proíbe partes aerodinâmicas móveis, então, até alegarem que o escapamento tornou-se parte aerodinâmica…
    P.S.: Estou com preguiça de consultar e mais ainda de tentar interpretar os “alfarrábios” da FIA para ver se esta minha teoria maluca seria permitida. Conto com a ajuda dos demais blogueiros.

  21. Fred Berli disse:

    Vendo as fotos da traseira “Slim” da Mclaren, me pergunto se a Williams não poderá capitalizar alguns décimos esse ano por conta de já vir usando esse conceito desde a temporada passada….

  22. Paulo Penna disse:

    me pareceu que o entre eixos esta menor com os rodas dianteiras um pouco mais pra trás.

  23. Gerson Canhotinha de Ouro disse:

    Que beleza de foto, pena que o carro não era, pelo menos nas imagens, tudo aquilo que eles falaram. Bora esperar pra ver.

  24. ARH disse:

    O que são aquelas saliências na parte de trás, antes dos pneus traseiros? São os escapamentos? Se sim, estão jogando ar quente diretamente nos pneus traseiros, o que diminui o tempo para aquecer os pneus. Também pode ter um possível efeito aerodinâmico, mas aí eu não consigo especular.

    • Lincon Sousa disse:

      teoria interessante, mas será que isso não aqueceria demais os pneus uma vez que eles chegassem a temperatura ideal? enfim…

      é legal lembrar tb que isso pode não ser tudo… se derem uma olhada nesse link: http://www.formula1.com/news/technical/2012/0/930.html , verão que a ultima informação é de que o carro da Ferrai será lançado com as asas “2011″, ou seja, a McLaren pode estar fazendo o mesmo… só saberemos mesmo em Jerez…

      • Danilo Candido disse:

        Exato, Lincoln, pode notar que o aerofólio dianteiro é idêntico em ambos modelos (MP4/26 e 27).

        • allan disse:

          Idênticos, não, mas bastante parecidos. Agora, há detalhes nas asas dianteira e traseira que impedem de chamar de iguais.

          • Mauricio disse:

            As asas traseiras são identicas em praticamente todos os detalhes, mas as dianteiras são bem diferentes. Olha direito.
            As saidas de ar quente estão para tras e para baixo, para a suspensão traseira e assoalho onde estão os difusores, tem zebra ai.

          • Danilo Candido disse:

            São idênticas sim, entre os modelos MP4/26 e 27. Compre um óculos, amigo…

          • Flavio disse:

            Allan e todos os demais, as duas sao diferentes: dianteiras, pontas interiores das aletas superiores mais agudas e direcionador de fluxo para os freios com maior inclinaçao em relaçao ao comprimento do carro;
            traseiras, divisor central (27) x dois divisores (26).

            Acho que os oculos serao para outro.

            Quanto às saidas de ar deve ser o trunfo…

            Vitor: “ninhagem” de ninho??? Nao seria linhagem, de familia?

            Abraços

    • Luis Silva disse:

      Não faz o menor sentido direcionar as saídas de escapamento na direção dos pneus.
      Os gazes que saem do motor podem chegar aquela distância a quase 1500 graus. Isso derreteria os pneus em poucos segundos.
      Certamente trata-se de um apêndice aerodinâmico ou a saída dos escapamentos, mas direcionadas para trás.

  25. Daniel Ramos disse:

    Quando eu vi as primeiras fotos pensei:”É o MP4-25 ou o 27?”,pois ambos são muito parecidos na minha opinião,com algumas pequenas mudanças ali e aqui.Acho que eles fizeram uma receita “Arroz com Feijão”,e deixaram de lado quase tudo que fizeram no MP4-26.Pode dá certo…

    • Mauricio disse:

      Analisando bem o MP4-27 é uma reedição do MP4-25 em praticamente todos os detalhes. As diferenças ficam por conta da asa dianteira, as entradas de ar latrerais com novo formato e aquelas saidas de ar quente apontadas para tras, em direção aos pneus e ao assoalho por sob o motor onde ficam os difusores de ar. também nota-se que a asa traseira é a mesma do MP4-26.
      Mais conservador que isso é impossível.
      Alias, essa vai ser a tonica dos carros para este ano. Poucas diferenças em relação ao ano passado. Exceto para aquelas escuderias em que o projeto do ano passado não funcionou completamente (Willians, Lotus, e as nanicas)

  26. Eduardo disse:

    E aquilo ali mirando os pneus? Seria o escapamento soprando diretamente para os pneus, ajudando assim o aquecimento dos mesmos? Não acho uma boa ideia, se realmente for isso.
    No mais, um detalhe abaixo do bico.

    • Luis Gustavo disse:

      Eu pensei nisso tb, mas para os pneu não deve ser. Pensando aqui, achei que poderia, em alta velocidade, e somado a aerodinamica do carro, ter um direcionamento para a Asa dianteria, uma vez que esteja em alta velocidade.

    • Mauricio disse:

      Não só os pneus, mas para toda a área dos difusores traseiros. Tem merda ai.
      Continuam focando o calor para os difusores. Isso não foi proibido?

    • Thiago disse:

      Bem colocado pelo leitor Eduardo, aquela saliencia na parte traseira pode estar relacionada ao aquecimento dos pneus msm… ou até nos difusores… sei q os difusores foram proibidos, mas acontece q eles ficam mas na parte traseira… isso pode ser uma brecha do regulamento, o ar aquecido do escapamento sempre vai soprar para trás e muitas partes serão aquecidas, vamos aguardar… Parabéns a todos pelos comentários…

      • marco disse:

        Verdade, bem colocado, em cima dos pneus para eles derreterem!!!!
        A quantidade de especialistas aqui fme faz perguntar pq não estão trabalhando como projetistas!!! Os super-homens ja usaram a visão de raio-x pra saber o que tem no assoalho? E por baixo da carenagem? Quanta besteira…

    • Will Mesquita disse:

      Este ano os escapamentos não podem ser direcionados para o difusor (extinção do EBD). Dessa forma, as alternativas para gerar downforce através dos gases do escapamento seriam ‘jogá-los’ para a asa traseira ou para os vão das rodas traseiras. As variações dessas exolhas definirão os melhores projetos em termos de downforce traseiro.

  27. É quase um jogo dos sete erros.

  28. Erico Pessoa disse:

    Isso me lembrou aquela história de que haviam dois times criativos em cada time, e que eles se revezavam na criação dos carros! Talvez esse seja o caso…

  29. Realmente, bem parecida com a de 2010. Só tem a traseira ainda mais fina, e a entrada de ar lateral diferente. Mas também me decepcionei, esperando a tal surpresa. Aguardando se ela aparece nos testes…

    • Eduardo Melo disse:

      Talvez a surpresa não esteja visível.

    • nando figueiredo disse:

      As vezes o que é mudado esta tão na cara que muitos não reparam.

      Notaram o “assoalho” sob o bico pra manter a altura minima que exige o regulamento??

      Vejam que ele se une no meio do bico pra trás ao cokpit, mantendo a “altura” do bico.

      É por isso que a Mc Laren já espera reclamações das outras equipes, pois isso pode ser considerado proibido, uma vez que o “assoalho” não seria o proprio bico.

      Pelo que foi apresentado nos projetos a FIA a maioria recorreu ao bico finos baixos, com os “rabos de peixe” nas laterais, como o Cartman, pra acomodar os amortecedores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>